06. DURANTE TODA A NOITE

Quantas vezes já ouviste:
“O problema não é meu!”
E as outras que fingiste
O prazer que ninguém deu.
Quantas vezes reparaste
No olhar que te seguiu,
Respondeste com o corpo
Num rodar de desafio.
 
E amanhã
Vais tentar mais uma vez,
Saber de alguém
Que descubra quem tu és,
 
Toda a noite,
Toda a noite,
Toda a noite,                                                                        
Durante toda a noite. 
 
Quantas vezes  prometeram:
“Esta é a vez diferente”,
Uma frase que ouviste
A quem só trata do presente.
E partiste pelas ruas
Porque nada te tocou,
Procuraste o impossível
Mas ele nunca te encontrou.
 
E amanhã
Vais tentar mais uma vez,
Saber de alguém
Que descubra quem tu és,
 
Toda a noite,
Toda a noite,
Toda a noite,                                                                        
Toda a noite.
 
Ah! Gosto das noites de Verão
De me perder na tua mão
Por isso eu vou…
Toda a noite,
Toda a noite.     
 
 
E o toque do telemóvel
Traz-te a rotina de sempre,
E se ao menos uma vez
Ele tocasse diferente…
E dormiste mais sozinha
Do que o desejo pedia,
Porque se há algo que tu sabes,
Depois da noite vem o dia.
 
E amanhã
Vais tentar mais uma vez,
Saber de alguém
Que descubra quem tu és,
 
Toda a noite,
Toda a noite,                                                                        
Toda a noite,     
Durante toda a noite.