08. HOJE É TUDO OU NADA

Acordas longe de ninguém,
Sentes que ontem foste além,
Nas mãos um mundo que morreu,
Lá fora um outro que não é teu.
Na estrada o carro não parou,
Talvez alguém que não acreditou
Que o corpo serve para voar,
Sempre que a dor se deixe amar

E dizes que hoje vais mudar de vida,
Mas só mais uma para te mostrar onde é a saída,

Que é Tudo ou Nada,
Que hoje é Tudo ou Nada,
Que hoje é Tudo ou Nada,
Que hoje é Tudo ou Nada…

Os sonhos já são de papel,
As noites um sonho cruel,
Em cada porta alguém ausente,
Um som distante, um céu diferente.
O alcatrão a mil à hora,
Um instante que demora,
A luz corta como metal,
A terra tem um sabor banal.

E dizes que hoje vais mudar de vida,
Mas só mais uma para te mostrar onde é a saída,
Que é Tudo ou Nada,
Que hoje é Tudo ou Nada,
Que hoje é Tudo ou Nada,
Que hoje é Tudo ou Nada…